Visualizações

terça-feira, 1 de março de 2016

" Crueza"

Não, a paciência não é eterna, não quando a vida nos leva a olhá-la de forma crua, despida, imperfeita. Não, não somos frios por dizer chega, ou não tentar mais após duas tentativas, é só que o tempo passa e não espera, para quê esperar que sigam o mesmo caminho, que corram no mesmo sentido, ao mesmo tempo, no mesmo ritmo? Não adianta querermos perfeição porque no fundo somos parte da natureza e esta é feita de caos. Não vale de nada exigir que acordem, tomem atitudes... tudo porque há quem viva em tão pouco tempo e quem passe tanto tempo sem saber viver... é assim mesmo que funciona, desordenadamente, arriscaria a dizer, como que por destino, mas esse não sei ainda se existe.
Não adianta o teimar, a frustração, o descontento, é tentar e se não der, seguir em frente o nosso caminho, pois no fundo é com esse que verdadeiramente nos temos de preocupar e cuidar... é a crueza da vida que impera.