Visualizações

domingo, 28 de maio de 2017

Que assim seja...

Se eu for as asas para que possas voar, que assim seja.
Que assim seja, o terminar, deixar hipocrisias de lado e dizer basta quando as palavras se apagam entre as mágoas.
Chega de insistir quando amar não chega, tudo porque humano é ser único, é ser tela pintada por vivências do passado, é dizer não, quando para alguém o lógico será o sim.
Basta de falar e passar a mesma música vezes sem fim, o mesmo ritmo, o mesmo sentimento, a merda da mesma letra!
 Acabou... é altura de dizer não, altura de fechar o livro, resumir, tirar crédito do que se leu. Chegou a  altura de entenderes que dei o melhor de mim, de entenderes que uma pedra não quebra no inicio, mas no final pode não passar de areia... e que eu seja areia, para que entendas que sacrifiquei a alma em troca do amor.
Se eu for as asas para que possas voar, que assim seja, consigas tu voar alto e ser a pessoa mais feliz do mundo, que te compreendas a ti própria, que confies em ti própria e que no fundo, te ames a ti mesma... possas tu um dia respeitar a areia que te fez voar alto, que te fez mostrar o melhor de ti mesma... se eu o for, que assim seja!